terça-feira, 18 de julho de 2017

As Cinquenta Sombras de Grey/Fifty Shades of Grey - Opinião (Book Review)


If you can't read this in english, please click on the title of the post and try again

 Ler em Português      Read in English

As Cinquenta Sombras de Grey


Nome do livro: As Cinquenta Sombras de Grey
Nome original do livro: Fifty Shades of Grey
Nome da Autora: E. L. James
Coleção: Cinquenta Sombras de Grey
Editora: Lua de Papel
Número de páginas: 308 páginas
Sinopse: «Anastasia Steele é uma estudante de literatura jovem e inexperiente. Christian Grey é o temido e carismático presidente de uma poderosa corporação internacional. O destino levará Anastasia a entrevistá-lo. No ambiente sofisticado e luxuoso de um arranha-céus, ela descobre-se estranhamente atraída por aquele homem enigmático, cuja beleza corta a respiração. Voltarão a encontrar-se dias mais tarde, por acaso ou talvez não. O implacável homem de negócios revela-se incapaz de resistir ao discreto charme da estudante. Ele quer desesperadamente possuí-la. Mas apenas se ela aceitar os bizarros termos que ele propõe... Anastasia hesita. Todo aquele poder a assusta - os aviões privados, os carros topo de gama, os guarda-costas... Mas teme ainda mais as peculiares inclinações de Grey, as suas exigências, a obsessão pelo controlo… E uma voracidade sexual que parece não conhecer quaisquer limites. Dividida entre os negros segredos que ele esconde e o seu próprio e irreprimível desejo, Anastasia vacila. Estará pronta para ceder? Para entrar finalmente no Quarto Vermelho da Dor? »

Opinião: Quem é que nunca ouviu falar do Fifty Shades of Grey? Em geral, todas as pessoas já ouviram falar desta série e muitos odeiam sem sequer conhecer. E acho que, em geral, a série não é tão má como dizem.
Como devem saber, o livro acompanha a inocente e inexperiente estudante de literatura Anastasia Steele que um dia é levada a entrevistar o rico e dominador Christian Grey, começando ai uma espécie de jogo de atração entre os dois.
Antes de mais deixem-me dizer que tentei ver este livro como a fanfic que é, uma vez que, tendo em atenção a forma como foi inicialmente escrita, é normal ter a ação construída de uma forma mais peculiar.
No entanto, comecei o livro a pensar como é que é possível alguém se envergonhar tanto com coisas que outra pessoa diz porque tudo o que a Anastasia dizia me fazia sentir vergonha alheia, além de achar que ela é uma personagem um bocado dramática.
Surpreendentemente, gostei do Grey. Acho que é uma personagem construída com um sentido de humor espetacular e é, apesar de certos gostos peculiares, extremamente cativante.
Um momento que se pudesse eliminar do livro, o fazia, foi o famoso contrato que a Anastasia tem de assinar e de que todas as pessoas que conhecem o livro falam. O contrato é importante para a história, mas as constantes repetições deste são muito irritantes de se ler.
Ao mesmo tempo, não compreendo realmente a Anastasia e a sua "deusa interior" que, em mais do que um momento, me irritou.
No entanto, terminada a leitura, e apesar de ter encontrado vários problemas ao longo deste (principalmente na personagem principal feminina), o livro é estranhamente viciante e, como já tinha dito, devem tentar ver como uma fanfic pois vão apreciá-lo muito mais.
(3.5 em 5 estrelas)

Trailer da adaptação do livro para o cinema:

1 comentário:

  1. Sinceramente tenho de admitir que nunca li nada da autora, mas já vi o segundo filme e adorei!! Acho que vou dar uma hipótese aos livros!! 🤓

    Já te seguia no Instagram e agora fiquei também fã do blogue!!

    Beijinhos,
    Carolina - http://leiturasdacarolina.blogspot.pt

    ResponderEliminar