segunda-feira, 25 de junho de 2018

Dying Thoughts: Second Sight - Opinião (Book Review)

Dying Thoughts: Second Sight

Nome do livro: Dying Thoughts: Second Sight
Nome da Autora: Joey Paul
Coleção: Dying Thoughts
Número de páginas: 296 páginas
Sinopse: «Tara Leverton has a ‘gift’. Up until recently it has been kept a secret from everyone.
Things have certainly changed.
For one, Tara has a best friend, Kaolin. For another, Kaolin, her dad and the police know about her ‘gift’. She’s got the chance to help them solve murders – actually make a difference, one that doesn’t involve doing homework on time.
When tragedy strikes can Tara be the eyes seeing things that no one was supposed to see?»

Dying Thoughts: Second Sight corresponde ao segundo livro da série, onde acompanhamos Tara, uma adolescente que herdou um dom, ver os últimos momentos da vida das pessoas e, com esse dom, procura ajudar as pessoas a resolver crimes. 
No livro anterior, ao qual dei cinco estrelas, acompanhamos a personagem principal enquanto ela tenta compreender melhor o seu dom, assim como o poder e influência que este pode ter na vida das pessoas. 
Fonte da Imagem de Fundo
Neste segundo volume, continuamos onde ficámos. Acompanhamos Tara, e a sua melhor amiga Kaolin, a ajudarem a polícia a resolver novos casos. No entanto, e como já sabemos como corre a vida da Tara, nada é fácil. 
Mais uma vez, tenho de referir que eu simplesmente adoro a Tara: pode ter um mau feitio em alguns momentos, o que pode irritar o leitor, no entanto, é uma personagem extremamente engraçada, o que torna o livro muito melhor. E, neste livro, ela cresceu imenso e tornou-se mais adulta, o foi um bom toque positivo. 
Relativamente ao caso em si, este foi bem mais denso e surpreendente que o anterior, o que também foi um ponto positivo para a história.
O meu principal problema com este livro foi mesmo a Kaolin. Eu gostei dela no primeiro livro, no entanto, neste segundo, ela estava, sem dúvida, muito mais irritante, especialmente no início do livro, e não respeitava a Tara. 
Assim sendo, e de uma maneira geral, esta foi a continuação perfeita. O desenvolvimento da personagem principal foi incrível, e o caso foi muito mais denso e interessante do que o anterior. O único problema para mim foi mesmo a relação entre a Tara e a melhor amiga. No entanto, estou curiosa para saber como é que a história se vai desenvolver e o quanto a Tara vai ainda crescer. 
Tendo em atenção tudo o que referi anteriormente, Dying Thoughts é uma série que, sem dúvida, recomendo.
Boas leituras.
(4 em 5 estrelas)

  • «I never knew what was about to happen. I was happy in my ignorance, but someone always pops that bubble and suddenly you know too much and it hurts» - Página x

sábado, 23 de junho de 2018

Maratona de Verão - TBR + Atualização


Olá leitores!
Para celebrar entrar de férias (finalmente), e a entrada do Verão, decidi participar numa maratona organizada pela incrível Patrícia Ferreira, a Maratona de Verão, que decorre de 21 de Junho a 30 de Setembro. 
Para compreenderem melhor a maratona recomendo passarem pela página de facebook criada para o efeito. 
Ao mesmo tempo, vou participar na Epic Book Reads (também organizada pela Patrícia e que decorre no mês de Julho) e na #MLPalavrasdeVerão, então os livros das TBR vão coincidir em alguns desafios. 
Sem mais demoras, os desafios e a minha escolha para cada um é a seguinte:

1. Um livro contemporâneo super fofo e meloso
Resultado de imagem para biggest flirts book
Biggest Flirts de Jennifer Echols
Páginas: 336
Páginas lidas: 0
Terminado: Não

2. Um livro que se passe no frio ou no inverno 
Resultado de imagem para black ice becca fitzpatrick
Black Ice da Becca Fitzpatrick
Páginas: 392
Páginas lidas antes da maratona: 37
Páginas lidas durante a maratona: 0
Terminado: Não

3. Um livro com uma criatura fantástica
Resultado de imagem para assassin's apprentice
Assassin's Apprentice do Robin Hobb
Páginas: 392
Páginas lidas: 0
Terminado: Não

4. Um livro com 500 ou mais páginas
Resultado de imagem para ameaça de um anjo
Ameaça de Um Anjo da Patrícia Lourenço Ferreira
Páginas: 578
Páginas lidas: 0
Terminado: Não

5. Um livro de Middle Grade ou banda desenhada, Graphic Novel ou Manga
O Plano Diabólico (As Crónicas de Spiderwick, #5)
O Pano Diabólico de Holly Black e Tony DiTerlizzi
Páginas: 136
Páginas lidas: 0
Terminado: Não

6. Um livro de Epic Fantasia com muito romance
35384837
Ponto Sem Retorno da Gabriela Simões
Páginas: 280
Páginas lidas antes da maratona: 130
Páginas lidas durante a maratona: 0
Terminado: Não

7. Um livro que fale de aventuras, road trips com amigos, que dê vontade de conhecer o mundo
20555359
Primeiro Amor de James Patterson
Páginas: 270
Páginas lidas: 0
Terminado: Não

8. Um livro com um trope amoroso (como insta-love, de odio a romance, vizinhos apaixonados)
Resultado de imagem para ligeiramente perigoso
Ligeiramente Perigoso da Mary Balogh
Páginas: 335
Páginas lidas: 0
Terminado: Não

9. Um livros com capa azul
Resultado de imagem para glass sword victoria aveyard
Glass Sword da Victoria Aveyard
Páginas: 444
Páginas lidas: 0
Terminado: Não

10. Um livro que tenha uma capa que grite verão!
Para este desafio opto pela Alice no País das Maravilhas uma vez que a capa da edição ilustrada, pelas cores e os desenhos, dá-me sempre uma sensação de Primavera e Verão. 
Resultado de imagem para alice no país das maravilhas visão
Alice no País das Maravilhas de Lewis Carroll
Páginas: 148
Páginas lidas: 0
Terminado: Não

11. Uma livro Erótico. Porque não subir a temperatura?
25618294
Amor Cruel de Colleen Hoover
Páginas: 288
Páginas lidas: 0
Terminado: Não

12. Um livro com uma personagem LGBT
Resultado de imagem para koldbrann 3
Koldbrann: Imprudentes da Ana Cláudia Dâmaso
Páginas: 462
Páginas lidas: 0
Terminado: Não

13. Um livro com assuntos polémicos, como por exemplo racismo ou homofobia
Aproveito então para ler um livro que tenho na minha estante há quase um ano e que, além de ter um tema polémico, é também um tema atual: school shooting. 
7893725
Hate List da Jennifer Brown
Páginas: 405
Páginas lidas: 0
Terminado: Não

14. Um livro de Poesia
Resultado de imagem para obras completas de julio dinis
Poesias de Júlio Dinis
Páginas: 250
Páginas lidas: 0
Terminado: Não

15. E um thriller de verão
2029176
Sail de James Patterson e Howard Roughan
Páginas: 388
Páginas lidas: 0
Terminado: Não

- Atualização - 

Páginas lidas até ao momento: 0
Desafios completos: 0
Desafios por completar: 15

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Heir of Ashes & The Curse - Opinião (Book Review)

Heir of Ashes

Nome do livro: Heir of Ashes
Nome da Autora: Jina S. Bazzar
Coleção: Roxanne Fosch
Número de páginas: 344 páginas
Sinopse: «Roxanne Fosch had a perfectly normal life at the age of twelve. Cool, popular, pretty, smart. Her dreams of a perfect, successful and prosperous future seemed well within her grasp. By the time she was twenty-two she had become a commodity. A fugitive. She was being hunted.
As Roxanne embarks on the dangerous quest to search for half-truths about her past, she discovers she’s not just an abnormal human, but a rarity even among her Fee peers.
She is hunted by scientists, keen to exploit her extraordinary abilities, as well as other beings far more dangerous whose plans for her she cannot fathom.»
Quem me conhece, sabe que a sinopse é fundamental e, mal li a de Heir of Ashes, sabia que era uma história que eu tinha de conhecer. 
A premissa em si não é algo completamente novo, no entanto, tem algo de cativante: neste livro acompanhamos Roxanne Fosch, uma rapariga que, aos 22 anos, foge para proteger a sua própria vida dos cientistas que a querem estudar. Assim sendo, acompanhamos esta personagem enquanto ela tenta encaixar-se numa sociedade que ela não conhece completamente, fugir e, acima de tudo, sobreviver. Verdadeiramente, não há muito mais que possa dizer devido ao desenrolar da ação. 
Relativamente às personagens, estas foram, sem dúvida, cruciais para a história. Devido à história em si, não vou mencionar nem comentar nenhuma além da principal, a Roxanne, de quem eu gostei bastante. É uma personagem bem criada e inteligente, que sabe o que faz mas que, ao mesmo tempo, não acha saber tudo. Contrariamente ao que acontece a muitos livros deste género, esta personagem tem noção dos seus limites e do que, tendo em conta a sua situação, deve ou não ser feito. Devido a isso, foi uma personagem de quem eu gostei bastante e que em nada prejudica a história.
Devido ao passado da personagem principal, e àquilo que isso a obriga no presente, acabamos por ter momentos lentos que arrastam ligeiramente a ação, no entanto, não deixaram de ser interessantes, especialmente tendo em conta que vamos descobrindo os limites dos poderes da personagem principal ao mesmo tempo que ela o vai descobrindo, assim como a informação crucial que vamos recebendo.
O que mais gostei foi, sem dúvida nenhuma, da construção do mundo. Neste género, a forma como o mundo é construído é fundamental, e Heir of Ashes tem um mundo extremamente bem construído e interessante, onde o leitor sente constante necessidade de saber mais sobre o mundo e onde a informação que vai recebendo encaixa perfeitamente.
De uma maneira geral, Heir of Ashes foi uma surpresa positiva: a premissa mostrava que ia ser uma boa história, mas a construção de mundo acabou por ser melhor do que eu estava à espera. Como referi anteriormente, não é algo completamente novo, e existem sim alguns momentos mais lentos. No entanto, a própria histórias e a forma como as personagens foram construídas vale completamente a pena e acabou por ser um livro que eu amei e recomendo completamente.
Boas leituras.
(4.5 em 5 estrelas)

  • «The mind was a beautiful thing. A sea of lights, contrasting everywhere with shadows and colors, some like a dot on a map – barely significant, others shining as brilliant as the sun.»

Além deste livro, existe ainda uma prequela, com pouco mais que 40 páginas, que deve ser, na minha opinião, lido depois de Heir of Ashes. Não apenas porque contém informação que só é revelada mais no final do primeiro livro, como  é complicada entender se não for lido Heir of Ashes primeiro. De uma maneira muito breve (devido à extensão do livro e aos apoilers que contém), a minha opinião sobre esta prequela é a seguinte:

The Curse

Nome do livro: The Curse
Nome da Autora: Jina S. Bazzar
Coleção: Roxanne Fosch 0.5
Número de páginas: 45 páginas
Sinopse: «Yoncey Fosch, the leader of the Unseelie Dhiultadh clan would give anything to save his brother from a mysterious plague. Anything, including his leadership mantle and a favor to his deadliest enemy, Queen Titania’s consort.
But his actions will have far reaching consequences, and Fosch realizes he is not only unwilling to pay the price, but will defy anyone who calls him on it.»
Devido à sua extensão, e a ser uma prequela, este livro não tem muito que se lhe diga. 
Nesta obra, e contrariamente a Heir of Ashes, a história é contada pelo líder de um determinado grupo de seres e é, pela perspetiva dele, que vamos conhecer todos os eventos cruciais que vão conduzir a Heir of Ashes. 
De uma maneira geral, The Curse foi uma obra que gostei: é um bom ponto extra para a série. Não porque transmite informação nova e importante, mas porque acrescenta um ponto interessante às ações que conduziram às do primeiro livro. 
Assim sendo, e de uma maneira geral, não considero que The Curse seja uma obra completamente necessária, no entanto, é interessante e rápida de ler, consequentemente, recomendo para quem leu o primeiro livro e gosto. 
De qualquer das formas, estou extremamente curiosa para ler o próximo livro desta série. 
Boas leituras. 
(3.5 em 5 estrelas)

quarta-feira, 25 de abril de 2018

Book Haul - Março/2018 (March)

If the "Read in English" feature isn't working, please click on the title of the post and try again

 Ler em Português      Read in English

Março/2018

Resultado de imagem para falling kingdomsFalling Kingdoms
da Morgan Rhodes

«War brought them together. Love will tear them apart. Princess Cleo of Mytica confronts violence for the first time in her life when a shocking murder sets her kingdom on a path to collapse. Once a privileged royal, Cleo must now summon the strength to survive in this new world and fight for her rightful place as Queen. The King of Limeros's son, Magnus, must plan each footstep with shrewd, sharp guile if he is to earn his powerful father's trust, while his sister, Lucia, discovers a terrifying secret about her heritage that will change everything. Rebellious Jonas lashes out against the forces of oppression that have kept his country cruelly impoverished--and finds himself the leader of a people's revolution centuries in the making. Witches, if found, are put to death, and Watchers, immortal beings who take the shape of hawks to visit the human world, have been almost entirely forgotten. A vicious power struggle quickly escalates to war, and these four young people collide against each other and the rise of elementia, the magic that can topple kingdoms and crown a ruler in the same day.»

P.V.P. = 16.66€ || Pago = 10.00€ || Por Ler

Gathering DarknessGathering Darkness
da Morgan Rhodes

«War brought them together. Love will tear them apart. Alliances form across Mytica and beyond as royals and rebels alike race to hunt down the Kindred--the four elemental crystals that give their owners god-like power. The stakes have never been higher for Magnus and Cleo, who are brought together by a life or death decision that will lock their fates and change the course of the kingdom forever.»

P.V.P. = 16.66€ || Pago = 10.00€ || Por Ler



MatildaMatilda
da Mary Shelley

«'I gained his secret and we were both lost for ever' 
Mary Shelley's dark story of a bereaved man's disturbing passion for his daughter was suppressed by her own father, and not published for over a century. 
One of 46 new books in the bestselling Little Black Classics series, to celebrate the first ever Penguin Classic in 1946. Each book gives readers a taste of the Classics' huge range and diversity, with works from around the world and across the centuries - including fables, decadence, heartbreak, tall tales, satire, ghosts, battles and elephants.»

P.V.P. = 3.06€ || Pago = 1.00€ || Por Ler


Imagem relacionadaEm Exclusivo
da Nora Roberts

«Pretendia uma entrevista exclusiva e conseguiu também uma aventura escaldante no meio da natureza… Conseguir um exclusivo com o famoso autor de romances de terror Hunter Brown foi um êxito inesperado para Lee Radcliffe, redatora da revista Celebrity. Mas quando o misterioso escritor a desafiou a entrevistá-lo durante um acampamento por uma zona perdida nas montanhas, Lee descobriu que aquilo era algo mais do que uma simples entrevista, que ele era algo mais do que um simples escritor de livros de terror. E que era o próprio Hunter que queria… exclusividade.»

P.V.P. = 5.99€ || Pago = 0.50€ || Por Ler


Imagem relacionadaFlores da Tempestade
da Laura Kinsale

«Christian Langland, duque de Jervaulx, é dissoluto e arrogante. Mas é também um homem brilhante. Considerado um "génio" da Matemática, está a desenvolver uma teoria revolucionária com a ajuda do notável John Timms. Porém, esta parceria só é possível graças a Maddy, filha de John. Recatada e meiga, a jovem vive para ser os "olhos" do pai, que é cego há já algum tempo. Apesar de repudiar pessoas como Christian, Maddy não consegue evitar o fascínio que sente por ele. E quando Christian é dado como morto, a dimensão do seu próprio sofrimento surpreende-a profundamente…
O tempo passa e Maddy aceita trabalhar num asilo. Uma decisão que terá efeitos inesperados pois é lá que reencontra… Christian. O duque está vivo, sim, mas irreconhecível. Vítima de um trágico ataque, é tido como louco e abandonado por todos. A começar pela própria família, que tudo fará para o manter preso e açambarcar a fortuna. Frustrado com a sua incapacidade de comunicar, Christian é uma sombra do que foi em tempos. Maddy é a única a ver nele uma centelha do homem fulgurante do passado. A jovem está determinada a curá-lo, mas nunca poderia imaginar que a sua ânsia de o ajudar fosse alterar tanto as vidas de ambos… e uni-los no desejo… e no amor.»

P.V.P. = 17.70€ || Pago = 5.00€ || Por Ler


9789898869685O Prof
da Vi Keeland

«Há algo de irresistível num homem de fato e com uma mente atrevida… mais ainda se for o teu professor. Quando Caine West me conheceu, não foi um dos meus melhores momentos — eu tinha bebido demais, confundi-o com outra pessoa e ele devorava-me com os olhos, o suficiente para me tirar do sério.
Só depois, ao encontrá-lo na universidade, descobri: o sensual Caine West, com o seu sorrisinho presunçoso, viria a ser o meu novo professor. Melhor ainda: eu trabalharia para ele como sua assistente. Eu, Rachel, que o tratara como um imbecil e atacara os seus enormes… atributos.
Bela maneira de te apresentares ao teu prof! 
Tentei desculpar-me, e ele fez questão de me relembrar da hierarquia da sala de aula. Desde então, tento ser profissional, mas o magnetismo dele é inegável. Com rosto (e corpo!) de deus grego e uma voz grave e aveludada, não me admira que as alunas suspirem à sua passagem. Só não contava ficar também eu hipnotizada pelo charme do meu professor… E pela forma como a camisa lhe assenta nos braços bem definidos ou como as suas mãos parecem saber sempre o que fazer…
Bolas, Rachel, no que é que te estás a meter? 
Não me faltam ideias sobre como poderíamos passar algum tempo sozinhos na sala de aulas!»

P.V.P. = 17.69€ || Pago = 15.92€ || Por Ler

sexta-feira, 30 de março de 2018

A Mulher de Trinta Anos - Opinião (Book Review)

If you can't read this in english, please click on the title of the post and try again

 Ler em Português      Read in English

A Mulher de Trinta Anos

Nome do livro: A Mulher de Trinta Anos
Nome original do livro: La Femme de trente ans
Nome do Autor: Honoré de Balzac
Editora: Revista Visão
Número de páginas: 230 páginas
Sinopse: Júlia é uma jovem encantadora e romântica que, contra a vontade do pai e uma série de maus presságios, teima em casar com o belo Vítor d’Aiglemont. Uma vez casada, rapidamente descobre que o homem a quem se uniu para toda a vida é afinal um ser medíocre, que mal sabe distinguir a mulher do cavalo.
Impossibilitada de viver o verdadeiro amor — que lhe devota
Artur — devido à sua má escolha e à servidão perpétua que ela acarreta, Julie vai amadurecendo e revendo a sua forma de encarar o amor e o papel da mulher na sociedade e no casamento.
Bela e riquíssima reflexão sobre a condição e o amadurecimento
femininos, A Mulher de Trinta Anos é um dos mais famosos livros de Balzac e aquele que cunhou o termo que é desde então sinónimo da beleza da mulher madura: balzaquiano.

Como já tem sido costume nos últimos meses, tenho andado a ler os clássicos da literatura lançados pela Visão e, desta vez, foi o A Mulher de Trinta Anos do tão aclamado Honoré de Balzac.
Neste clássico, nós acompanhamos Júlia, uma jovem que, no início da obra, se vê apaixonada por um homem, Vítor d'Aiglemont, que o seu pai não aprova. Passadas poucas páginas, quando a personagem principal está já casada, esta rapidamente percebe que os receios do pai estavam corretos. É nesta situação que Júlia conhece Artur, aquele por quem ela tem sentimentos verdadeiros e com quem, por estar casada com Vítor, está impossibilitada de começar uma relação, acabando por amadurecer devido à situação que vive.
Devo começar por referir que, tendo em conta que é um autor tão famoso e elogiado, eu esperava um livro melhor. No entanto, e de uma maneira geral, o livro tem alguns pontos bastantes positivos.  
O início foi o que mais me conquistou - apesar de ser um clássico típico, sem nada completamente surpreendente ou novo, é um início que se lê bastante bem e que se gosta. No entanto, rapidamente a história se torna complicada e triste de uma maneira exagerada. A partir do final do primeiro capítulo, a história em si torna-se mais lenta, mantendo-se interessante.
Enquanto seguimos a Júlia, a ação em si é boa, vemos verdadeiramente uma mulher a tentar encaixar na sociedade, ao mesmo tempo que sofre as consequências dos seus erros e cresce. O meu principal problema dá-se quando, sem eu saber bem como ou porquê, começamos a ter outras personagens a narrar e que em nada se relacionam com até então personagem principal, o que me deixou bastante confusa e sem saber bem o que estava a acontecer. Confusão essa que se mantém até à última página. Ou seja, a primeira metade do livro foi bastante boa, mas a segunda foi um pouco desapontante.
Relativamente às personagens em si, gostei principalmente do pai da Júlia e dos conselhos que este dava, de resto, nenhuma delas se tornou verdadeiramente memorável. No entanto, e apesar de todos estes problemas, é um livro interessante sobre o amadurecimento, e lê-se de uma maneira bastante rápida.
Então eu recomendo A Mulher de Trinta Anos de Honoré de Balzac.
(3.5 em 5 estrelas)

quinta-feira, 15 de março de 2018

Dying Thoughts - Sixth Change [Cover Reveal]

If the "Read in English" feature isn't working, please click on the title of the post and try again

 Ler em Português      Read in English

Dying Thoughts - Sixth Change 


A vida da Tara está cheia de mudança. A sua educação, os seus amigos, até o seu pai mudou. Ela luta para encontrar os seus pés depois do evento dos últimos meses.

Ela está na universidade, o seu pai é uma estrela do pop outra vez e ela finalmente compreende o seu dom. Exceto que isso não vai ajudar quando ela mais precisa.

Os seus novos amigos têm sido atacados, alguém está a atacar mulheres novas e Tara precisa de o encontrar e os parar.

Agora, se apenas o dom dela a ouvisse, ela estaria pronta.



Data de Lançamento - 16 de Maio, 2018


Joey Paul
Joey Paul é uma indie author, que explora o young adult do género criminal. Já lançou onze livros no total até agora, com décimo segundo e o décimo terceiro para sair em 2018. Os seus trabalhos recentes incluem a série "Dying Thoughts", composta por oito livros. Ela por norma escreve ficção-mistério e crime, mas ela é conhecida por já se ter aventurado nos géneros de romance contemporâneo e ficção. De momento, ela está a escrever o seu vigésimo primeiro e vigésimo segundo livros, tendo recentemente acabado de escrever os seus últimos dois.
Joey tem problemas físicos e é recém licenciada da The Open University com um curso em Saúde & Assistência Social. Quando não está a ler manuais médicos, ela gosta de ler livros de crimes, dramas médicos e young adult. Quando ela está fora de casa, gosta de procurar Tupperwares na floresta com GPS, também conhecido como geocaching. E quando ela não está a fazer ISSO, está a dormir! Tem 36 anos e escreve desde que teve de se retirar do seu trabalho na área da medicina com 19 anos. Ela planeia escrever até deixar de ter ideias ou alguém a mandar parar!

Créditos do gif - www.gifgrrl.com