segunda-feira, 29 de abril de 2019

Um de Nós Mente | One of Us is Lying - Opinião (Book Review)

Um de Nós Mente

Título do livro: Um de Nós Mente
Título original: One of Us is Lying
Nome da Autora: Karen M. McManus
Editora: Gailivro Editora
Número de páginas: 334 páginas
Sinopse: «Simon Kelleher é o criador do Má-Língua, uma nova aplicação que está a encurralar a elite de Bayview High, revelando pormenores da vida privada dos alunos da escola. Mas o caso torna-se mais grave quando Simon e quatro colegas ficam fechados de castigo numa sala, e ele morre diante das suas vítimas.
Os quatro que se tornam suspeitos imediatos do homicídio, são:
A melhor aluna da escola, Bronwyn, que nunca viola uma regra e quer entrar em Yale. A estrela da equipa de basebol de Bayview, Cooper. Nate, o criminoso, que está em liberdade condicional por vender droga. A menina bonita, Addy, que parece ter a vida perfeita ao lado do namorado perfeito.
Que segredos queriam esconder para eliminar Simon?
Quem será o culpado?»

sábado, 6 de abril de 2019

#MLVoltaaoMundo15 | Maratona Literária

Fonte da imagem: Blog FLAMES
Olá! Aqui estou eu, mais uma vez, para participar em mais numa maratona literária organizada pelo blog FLAMES (post original) e pelo blog Linked Books

Mais uma vez, foi organizada uma maratona completamente original e incrível, desta vez com o tema da volta ao mundo. O objetivo, como é mencionado no post original, é o de nos "levar" a sítios diferentes... através da leitura. 
A maratona vai decorrer de 25 de março (2019) a 21 de julho (2019) e conta com 15 desafios (mais 5 extra) e, para os completar, temos de ler livros cujos autores sejam dos países que compõem os desafios. Para cada um, e como recordação, devemos escolher uma citação de que gostámos. 
Para participar, basta pedir para aderir ao grupo de facebook e, à medida que formos lendo os livros das diferentes categorias,  preencher o ficheiro excel que nos é disponibilizado. 
As regras são as seguintes (além do já mencionado anteriormente):
  • Cada livro conta apenas para um desafio, logo, o mesmo livro não pode ser contabilizado duas vezes
  • Pode haver segunda volta (todos os desafios serem feitos outras vezes) mas, para isso, é preciso primeiro terminar todos
  • Completar todos os desafios (gerais e extra) dá um acréscimo de 250 páginas no total de páginas lidas
  • Para a contagem do número de páginas, vale o número de páginas da edição que lemos (em edições físicas é o número da última página que lemos, em ebooks é o número de páginas da edição lida, em audiobook é o número de páginas associado ao ASIN)
  • Livros iniciados antes da maratona e terminados durante a mesma contam apenas as páginas lidas a partir do início da maratona
  • Livros não terminados aquando do fim da maratona, contam as páginas lidas até ao fim da maratona
  • Cada desafio extra acresce 25 páginas
  • Quando a maratona terminar, a 21 de julho, temos até ao dia 31 do mesmo mês para contabilizar as nossas leituras e enviar o ficheiro excel disponibilizado para o email mlsbyflamesandlinked@gmail.com 
Sem mais demoras, vamos então ver os desafios e quais os livros que eu escolhi para cada categoria:

1. Um país da América Latina
Livro por definir

2. Espanha
Para esta categoria, vou optar por ler um livro que tenho cá em casa de uma autora que nasceu e vive em Espanha, a J. F. Johns. 
40056681
Eternal Darkness da J. F. Johns
Número de páginas: 330
3. Reino Unido ou Irlanda
Vou aproveitar esta maratona para ler um dos dois livros que me faltam ler da saga Bedwyn da autora Mary Galogh, natural do País de Gales, Reino Unido. 
13095919
Uma Noite de Amor da Mary Balogh
Número de páginas: 368
4. Itália
Livro por definir

5. Um país nórdico
Livro por definir

6. Japão
23109983
A Peregrinação do Rapaz Sem Cor do Haruki Murakami
Número de páginas: 360

7. Ex-URSS
Livro por definir

8. Um país à escolha (não repetido)
Livro por definir

9. EUA ou Canadá
10929432
The Archived da Victoria Schwab
Número de páginas: 321

10. Portugal
26028282
Uma Mulher no Topo do Mundo da Alexandra Nunes e Maria da Conceição
Número de páginas: 165

11. França
Livro por definir

12. Brasil
Para país da América Latina, vou optar por ler um livro de uma autora natural do Brasil e que faz parte de uma série já iniciada. 
39902049
Heir of Doom da Jina S. Bazzar
Número de páginas: 374

13. Um país árabe
Imagem relacionada
O Livro das 1001 Noites: Volume 2 de vários autores
Número de páginas: 110

14. Um país africano
Livro por definir

15. China
Livro por definir

Os desafios extra são:
  • Tira uma foto do livro que estás a ler neste momento usando um bilhete como marcador de livro (pode ser qualquer bilhete de transportes)
  • Tira uma foto com o livro que estás a ler neste momento dentro de uma mala (pode ser mala de viagem, saco de viagem, etc.)
  • Tira uma foto de ti a ler num meio de transporte (carro, comboio, metro, avião, etc).
  • Tira uma foto de um livro ao pé de uma árvore (há quem use o musgo das árvores para perceber onde é o norte)
  • Em que dia vais viajar? Pensa no dia da tua próxima viagem e usa esse número para contares os livros da tua estante. Quando chegares ao livro que corresponde ao número, tira uma foto
Esta é então a maratona. Vou atualizando este post com as minhas atualizações. 
Boas leituras e, mais uma vez, um grande obrigada e os meus parabéns à Roberta ao blog FLAMES e à Cristina do Linked Books por mais uma fantástica ideia.

quinta-feira, 4 de abril de 2019

Book Haul | Março 2019

Março/2019

35997403The Hazel Wood
da Melissa Albert

«Seventeen-year-old Alice and her mother have spent most of Alice's life on the road, always a step ahead of the strange bad luck biting at their heels. But when Alice's grandmother, the reclusive author of a book of pitch-dark fairy tales, dies alone on her estate - the Hazel Wood - Alice learns how bad her luck can really get. Her mother is stolen away - by a figure who claims to come from the cruel supernatural world where her grandmother's stories are set. Alice's only lead is the message her mother left behind: STAY AWAY FROM THE HAZEL WOOD. 
To retrieve her mother, Alice must venture first to the Hazel Wood, then into the world where her grandmother's tales began...»

P.V.P. = 9.20€ || Pago = 8.64€ || Lido

20468606
A Grande Revelação
da Julia Quinn

«O coração de Penelope Featherington sofre por Colin Bridgerton há… não pode ser!?? ...mais de dez anos? Sim, essa é a triste verdade. Dez anos de uma vida enfadonha, animada apenas por devaneios apaixonados. Dez ingénuos anos em que julga conhecer Colin na perfeição. Mal ela sabe que ele é muito (mesmo muito) mais do que aparenta…Cansado de ser visto como um mulherengo fútil, irritado por ver o seu nome surgir constantemente na coluna de mexericos de Lady Whistledown, Colin regressa a Londres após uma temporada no estrangeiro decidido a mudar as coisas. Mas a realidade (ou melhor, Penelope) vai surpreendê-lo… e de que maneira! Intimidado e atraído, Colin vai ter de perceber se ela é a sua maior ameaça ou o seu final feliz.
PS: este livro contém a chave do segredo mais bem guardado da sociedade londrina.»

P.V.P. = 16.90€ || Pago = 7.00€ || Por ler

terça-feira, 2 de abril de 2019

TBR de Abril | 2019

Como eu decidi no início deste ano ano, e expliquei num post aqui no blog, este ano eu optei por delimitar uma TBR (To Be Read, no português 'para ser lido') para cada mês, com 6 livros que eu tentarei ler durante o mês e que se enquadram em diferentes categorias. Assim sendo, para o mês de abril, a minha TBR é a seguinte:
  • Um livro que quero muito ler - A Noiva do Marquês da Tessa Dare
  • Um livro que quero muito ler - Lick da Kylie Scott
  • Um livro escolhido por outra pessoa - Um Caso Perdido da Colleen Hoover
  • Um livro que já esteve na minha TBR e não foi lido ou um livro iniciado e não terminado - Eternal Darkness da J. F. Johns
  • Um livro de parceria ou um livro escolhido de forma aleatória - Heir of Doom da Jina S. Bazzar
  • Um livro do clube do livro ou um livro de desafio - The Archived da Victoria Schwab
Esta é então a minha TBR para o mês de Abril de 2019.
Boas leituras.

segunda-feira, 1 de abril de 2019

Uma Mulher no Topo do Mundo - Opinião | Book Review

Uma Mulher no Topo do Mundo

Título do livro: Uma Mulher no Topo do Mundo
Nome da Autora: Alexandra Nunes
Editora: Bertrand Editora
Número de páginas: 164 páginas
Sinopse: «Passados dois meses de ter começado a aventura, Maria estava, finalmente, a 8848 metros de altitude, onde poucos conseguem chegar. Aproveitando uma janela de bom tempo nas gélidas montanhas dos Himalaias, partiu para a última fase da escalada. A chegada ao topo demorou 13 horas, enfrentando temperaturas a rondar os 30 graus negativos. «Foi a coisa mais difícil que fiz em termos físicos, mas cume do mundo é ainda mais bonito do que eu alguma vez poderia ter imaginado!», contou Maria, horas depois, à agência de notícias portuguesa LUSA. A notícia do seu feito espalhou-se, ainda que de forma discreta, na imprensa, rádios, televisões e páginas da internet em Portugal, nos Emirados Árabes Unidos (EAU) - onde vive há quase uma década. Maria tinha, assim, uma plataforma para expor o seu ato de bravura e, mais importante do que tudo, para explicar a causa que a movia: ajudar as crianças dos bairros de lata do Bangladesh a sair do ciclo de pobreza.»

É estranho pensar em dar rating à vida de uma pessoa. No entanto, dou as 4.5* de bom grado: pela história em si, e pela forma como foi escrito. 
Relativamente à história, devo dizer que a vida da Maria da Conceição é absolutamente incrível: foi uma mulher que, desde cedo, percebeu que teria de depender apenas de si mesma para vencer na vida. Foi hospedeira de bordo pela Emirates e, quando visitou Bangladesh, compreendeu a pobreza existente. Assim, iniciou um projeto em Daca, na capital, contra o ceticismo da própria população. Apesar dos altos e baixos que o primeiro projeto viveu, e a posterior criação de outro projeto devido a problemas no primeiro, procurou dar à população desta cidade o que eles nunca tinham tido. E assim nasceu a Maria Cristina Foundation (nomeada em homenagem a Maria Cristina, a senhora que a criou quando Maria da Conceição foi, ainda muito nova, abandonada pela mãe). 
Para chamar atenção para a causa, correu maratonas, ultramaratonas, subiu montanhas, correu nos 7 continentes [sendo que para os recordes os continentes considerados são América do Norte, América do Sul, Ásia, Europa, África, Oceania e Antártida] e subiu o Evarest, tornando-se assim a primeira mulher portuguesa a fazê-lo. Obteve recordes do Guiness pelo caminho e apoio para a sua causa (apesar de não ter conseguido todo o que esperava obter). É, assim, uma história incrível. 
Relativamente ao livro em si, devo dizer que está absolutamente bem escrito. Talvez para quem goste do género de biografias, e o leio constantemente, esta seja vista como uma biografia fraca. Afinal, tem apenas cerca de 160 páginas e os acontecimentos são retratados muito ao de cima. Mas para mim, que poucas biografias leu na vida, e que por norma acaba por se aborrecer, foi absolutamente fantástico. A história lê-se super rápido, é contada de uma forma fluída e interessante e os capítulos não são muito longos, o que só ajudou à leitura. 
Assim sendo, 'Uma Mulher no Topo do Mundo' é um livro que recomendo imenso e que acredito que nós, enquanto portugueses, deveremos valorizar - é a história de uma portuguesa que mudou a vida de centenas de crianças e, pelo caminho, realizou provas físicas que nenhum português tinha feito e, em diversos casos, nem nenhuma pessoa no mundo (afinal, ela em 2015 contava já com seis recordes do Guiness, incluindo o de mulher mais rápida a completar sete maratonas oficiais em sete continentes e o mesmo recorde mas em ultramaratonas). Em 2018 as notícias divulgaram que Maria da Conceição era já detentora de sete recordes e tinha-se tornado "a primeira mulher portuguesa a chegar ao Polo Sul e a subir ao Monte Vinson, a montanha mais alta da Antártida". Então, vamos demonstrar algum apoio a esta causa incrível e ao esforço e dedicação desta mulher. 
(Nota final: Para esclarecer, apesar de, pela capa, parecer que o livro foi escrito pela Maria da Conceição, a forma como o livro é contado dá a entender que, verdadeiramente, Alexandra Nunes foi a autora principal e Maria da Conceição participou apenas acrescentando factos e a sua opinião sobre algumas partes. Assim, considerei na ficha técnica que Alexandra Nunes é a autora). 
(4.5 em 5 estrelas)

«Que tipo de doença é que eu tenho, como uma escuridão, que apesar de tantas negas e falhas continuo a seguir em frente e a ter tanta fé de que vai surgir uma luz ao fundo do túnel? Revolta-me eu seguir sempre o caminho mais difícil, mas tenho receio de falhar com as crianças, famílias, patrocinadores e voluntários. É uma vontade tão grande de querer tirar as crianças da favela e de honrar o meu compromisso. Prometi e tenho de cumprir.» - Páginas 130-131

segunda-feira, 25 de março de 2019

Eliza e os Seus Monstros | Eliza and Her Monsters - Opinião (Book Review)

Eliza e os Seus Monstros

Título do livro: Eliza e os Seus Monstros
Título original: Eliza and Her Monsters
Nome da Autora: Francesca Zappia
Editora: Topseller Editora
Número de páginas: 400 páginas
Sinopse: «Na net, ela é mundialmente famosa.
Cá fora, ninguém sabe o seu nome.
No mundo real, ela é Eliza, uma miúda solitária, invisível e sem amigos. Online, ela é LadyConstellation, a famosa e anónima criadora de Monstrous Sea, um dos webcomics mais populares do mundo. Wallace é novo na escola. É um rapaz estranho, misterioso e que raramente fala. Mas na Internet ele é Rainmaker, o escritor da fanfiction de Monstrous Sea mais lida nos fóruns da série, e é seguido por mais de um milhão de fãs.
Os caminhos de Eliza e Wallace cruzam-se inesperadamente e, quando percebem que têm a mesma paixão por Monstrous Sea e a mesma forma de ver o mundo, surge uma relação improvável que vai alterar as suas vidas para sempre. No entanto, ambos julgam que o outro é apenas um fã comum de Monstrous Sea. Ela não sabe que ele é o seu maior fã, e ele não sabe que ela é a própria autora.
Um livro esplendoroso sobre a vida online e offline!»

Eliza e os Seus Monstros é um livro Young Adult muito diferente do normal. Através de capítulos contados na primeira pessoa, e intercalados com banda desenhada e histórias, Eliza, uma adolescente de 17 anos, conta-nos sobre a sua vida: como é ser uma das autoras mais famosas de banda desenhada publicada online, como é ninguém o saber, e os desafios diários que isso lhe causa, especialmente quando conhece Wallace, aquele que é o autor da fanfic mais famosa da sua própria história. 
Fundo da Imagem: Página 397 de 'Eliza
 e os Seus Monstros' (na edição da Topseller)
Desde o início que fiquei completamente viciada e cativada por este história. Como já referi, a forma diferente como é contada torna tudo mais interessante. Mas a própria vida das personagens o é. Este livro tem o que um Young Adult devia de ter, temos a questão da escola explorada de uma forma realista, a questão do futuro (e a hipótese da universidade), os amigos, as relações, o descobrir de quem somos e do que queremos fazer no futuro. Tudo aquilo que constitui e constrói o secundário e que, muitas vezes, é completamente exagerado para criar drama e ação para o livro. 
Não estou, de todo, a querer dizer que o livro é perfeito. Como em qualquer caso, tem as suas falhas: os pais, e os próprios irmãos mais novos da personagem principal irritaram-me em diversos momentos, mas até aí eu considero que a autora fez um bom trabalho. Afinal, que adolescente é que não se irrita constantemente com os pais e com o facto de "eles não compreenderem", e nós estamos a ver a história pelos olhos de uma adolescente, tinha de ser criado este ambiente em que o próprio leitor se sentisse a adolescente, e consequentemente aquela raivazinha a nascer por dentro.
Apesar de, como já referi, este livro se tratar de um Young Adult, considero que a autora abordou, com sucesso, temas mais pesados e, mesmo assim, não fez a situação parecer demasiado exagerada para adolescentes. A ansiedade ocupa um espaço importante neste livro e esse foi, aos meus olhos, um ponto positivo muito forte. 
Simultaneamente, o desenrolar final da história não foi exagerado nem apressado. As coisas aconteceram ao ritmo que deviam acontecer e como deviam acontecer. Como aconteceria se esta situação fosse a realidade. Assim, e apesar de o livro não ser perfeito, é uma boa e rápida leitura, e eu recomendo bastante.
(4 em 5 estrelas)

"As pessoas destroçadas não se escondem dos seus monstros. As pessoas destroçadas deixam-se ser devoradas.- Página 337

domingo, 3 de março de 2019

TBR de Março | 2019

Como eu decidi no início deste ano ano, e expliquei num post aqui no blog, este ano eu optei por delimitar uma TBR (To Be Read, no português 'para ser lido') para cada mês, com 6 livros que eu tentarei ler durante o mês e que se enquadram em diferentes categorias. Assim sendo, para o mês de março, a minha TBR é a seguinte:
  • Um livro que quero muito ler - Eliza e os Seus Monstros da Francesca Zappia 
  • Um livro que quero muito ler - Pestilence da Laura Thalassa 
  • Um livro escolhido por outra pessoa - Uma Mulher no Topo do Mundo da Maria da Conceição 
  • Um livro que já esteve na minha TBR e não foi lido ou um livro iniciado e não terminado - Strange The Dreamer da Laini Taylor 
  • Um livro de parceria ou um livro escolhido de forma aleatória - Eternal Darkness da J. F. Johns ❌
  • Um livro do clube do livro ou um livro de desafio - The Hazel Wood da Melissa Albert 
Esta é então a minha TBR para o mês de Março de 2019. 
Boas leituras.