quarta-feira, 24 de agosto de 2016

A Escolha - Opinião

A Escolha

Nome do livro: A Escolha
Nome original do livro: The One
Nome no Brasil: A Escolha
Nome da Autora: Kiera Cass
Editora: Marcador
Número de páginas: 290 páginas


Sinopse: «Chegou a altura de coroar a vencedora. Quando foi escolhida para competir na Seleção, America nunca imaginou chegar perto da coroa - ou do coração do Príncipe Maxon. Mas à medida que o fim da competição se aproxima e as ameaças fora dos muros do palácio se tornam mais cruéis, America descobre o quanto tem a perder - e o quanto terá de lutar pelo futuro que deseja.»

Opinião: No final deste livro, aconteceu-me algo que já não acontecia à muito tempo: surgiram-me lágrimas nos olhos. Detestei o livro? Não. Achei o final triste? Ligeiramente, mas não o suficiente para chorar. As coisas acabaram como eu queria? Definitivamente.
Então porque é que eu fiquei com lágrimas nos olhos? Pelo simples facto de que foi o fim de uma história que eu tanto amo. E sim, eu sei que ainda existe um livro de contos (que eu quero muito ler) e mais dois livros (que eu vou, sem dúvida, ler). No entanto, não vai ser o mesmo. O foco principal não vai ser aquele que eu tanto amei durante a série da Seleção.
Entretanto eu acho que a Kiera Cass não podia ter dado melhor final à história destas personagens.
Relativamente ao que eu mais gostei neste livro, eu adorei o facto de que a America parece finalmente ter decidido quem é que ela queria e que estava na hora de lutar por isso.
Algo que me surpreendeu bastante durante a leitura foi o amor que eu criei pela Celeste que, até aí, eu odiava completamente. Por outro lado, passei a gostar um pouco menos da Elise e bem menos da Kriss. Por outro lado, adorei a verdadeira relação de amizade e entreajuda que se formou entre elas neste livro.
A Kiera Cass é aquela escritor capaz de criar um livro no qual lemos 100 páginas seguidas sem sequer repararmos. No entanto, a história em si é normalmente esperada, e foi isso que aconteceu nos dois primeiros livros desta série, mas neste ela conseguiu realmente surpreender-me e não uma, mas duas vezes.
O final em si em achei incrível e super bem construído e espero voltar a ver estas personagens que eu amo nos dois próximos livros da série.
Relativamente aos livros anteriores, amei completamente A Seleção e A Elite, no entanto, acho que A Elite não foi um livro tão bom como o anterior, enquanto que acho que A Escolha conseguiu voltar a atingir os parâmetros que o primeiro livro atingiu.
São livros que eu recomendo imenso.
Boas leituras.
(5 em 5 estrelas)
Quotes/Melhores Momentos: 

  • «Sem ti, a minha vida continuaria a existir, mas não haveria nada além disso.» - Página 260
  • «Parte o meu coração. Parte-o mil vezes, se desejares. Ele foi sempre teu para partires, de qualquer modo. (...) Amar-te-ei até ao meu último suspiro. Cada batimento do meu coração é teu. Não quero morrer sem que saibas disso.» - Página 266
  • «Se a minha morte significava que tu viverias (...) como é que isso podia ser errado?» - Página 283

Sem comentários:

Enviar um comentário