quinta-feira, 19 de junho de 2014

Orgulho e Preconceito - Resumo c/ spoiler

Orgulho e Preconceito


Sinopse: "Orgulho e Preconceito é, sem dúvida, uma das obras em que melhor se pode descobrir a personalidade literária de Jane Austen. 
Com o fino poder de observação que lhe era peculiar, a autora dá-nos o retrato impressionante do que era o mundo da pequena burguesia inglesa do seu tempo: um mundo dominado pela mesquinhez do interesse, pelo orgulho e preconceito de classe.
Esses orgulho e preconceito que, no romance, acabam por ceder o passo a outras razões com bem mais fundas raízes no coração humano."

Resumo:
O livro começa em casa das irmãs Bennet, onde vive a Sra. Bennet, uma mulher que parece ter como único objetivo casar as filhas com alguém de estatuto, o Sr. Bennet, um homem calmo e culto que parece preferir ficar de lado quanto à obsessão da mulher em casar as filhas, Jane, a irmã mais velha e de coração mais doce, Elizabeth, uma rapariga forte e culta com os pés bem assentes na terra, Mary, que de todas as irmãs é a mais diferente, ao ponto de ter uma obsessão por livros, Kitty e Lydia, as irmãs mais novas e que estão sempre a arranjar problemas, Kitty é colocada sempre na sombra de Lydia. 
No início do livro a família Bennet descobre que Netherfield Park foi alugada, uma grande propriedade que só pessoas ricas poderiam alugar. Logo descobrem que foi alugado por um homem chamado Bingley. 
Quando todos se conhecem, Bingley aparenta ser uma pessoa muito simpática e é facilmente aceita pelas pessoas. Enquanto que Darcy apresenta ser uma pessoa mais fechada e distante. 
Bingley e Jane rapidamente se dão bem e descobrem ter muito em comum, sendo que começam a desenvolver uma relação, sendo que Caroline, a irmã de Bingley, se mostra desde logo contra a relação dos dois pelo facto de que Jane é de um estatuto social inferior. 
Num baile Elizabeth conhece Darcy e houve este dizer que ela é bonita mas não o suficiente para ele, depois de este recusar dançar com ela, Elizabeth cria uma ideia negativa sobre Darcy, sendo que considera que ele se acha superior a todos,
Entretanto militares chegam à zona onde eles vivem, e entre eles surge Wickham, um oficial que desde cedo se começa a dar com Elizabeth e que, mais tarde ela descobre, ele tem problemas com Darcy.
Quando lhe pergunta o porque da reação de Darcy ao vê-lo, Wickham diz que o pai de Darcy o tratava como um filho e que chegou a preferi-lo a ele e que com a sua morte Darcy lhe tinha negado o que o seu pai tinha deixado em vida. Elizabeth desenvolve um ódio por Darcy ainda maior. 
Quando a relação de Bingley e Jane já se encontra grande e Bingley parece que vai propor Jane em casamento a qualquer momento, ele, Caroline e Darcy deixam Netherfield sem qualquer aviso. 
Entretanto o Sr. Bennet avisa que Sr. Collins, o primo das irmãs e herdeiro da casa delas, vai visitá-los. Sr. Collins mal chega manifesta a sua vontade de propor em casamento uma das irmãs Bennet, sendo que pensa em propor Jane mas a Sra. Bennet diz que Jane está comprometida e que ele devia pedir Elizabeth em casamento. Collins pede Elizabeth em casamento mas esta recusa uma vez que o considera um homem egoísta e com demasiada confiança em si próprio. Mais tarde Elizabeth descobre que ele pediu a sua melhor amiga em casamento, Charlotte Lucas, e que esta aceitou.
Mais tarde quando vai visitar Charlotte e Lucas, Elizabeth vai comer a casa de Lady Catherine, uma aristocrata, e uma vez lá ela descobre que Darcy é o seu sobrinho e que a foi visitar nesse mesmo dia. Mais tarde durante uma conversa com um homem, Elizabeth descobre que a ideia de trazer Bingley de volta para Londres foi de Darcy porque o queria afastar de Jane devido à diferença de estatuto social. 
Então quando Darcy pede Elizabeth em casamento, esta recusa porque diz que era incapaz de casar com um homem que achava tais coisas. Durante a discussão ela fala do que Darcy fez a Wickham. 
Perante tais acusações referentes a Wickham, Darcy escreve uma carta a Elizabeth no qual lhe diz que nunca recusou a Wickham o que o pai achava que ele tinha merecido, e que inclusive lhe tinha dado essa parte, mas que Wickham gastara todos os bens que lhe tinham sido concedidos e que o acusara quando Darcy se recusou a dar-lhe mais. Para se vingar Wickham seduziu Georgiana, a irmã de Darcy, para ganhar a fortuna que lhe tinha sido deixada, e a levou a fugir com ele e depois a abandonara. Darcy disse ainda que tinha separado Jane e Bingley pois lhe pareceu que Jane não mostrava por ele o afecto que Bingley demonstrava. 
Alguns meses depois Elizabeth vai passar uns tempos a casa dos tios a Derbyshire. Num desses passeios os seus tios manifestam a ideia de visitar Pemberley, a mansão de Darcy. Uma vez lá eles descobrem que Darcy não se encontra em casa mas a sua caseira faz-lhes uma visita. Essa senhora diz ter criado Darcy desde a infância e manifesta um grande orgulho na pessoa que Darcy se tornou e uma grande honra em servi-lo. Isto faz a ideia de Darcy na cabeça de Elizabeth mudar drasticamente.
Inesperadamente Darcy aparece e trata os parentes de Elizabeth muito bem. Durante esses tempos Elizabeth e Darcy aproximam-se e Elizabeth começa a manifestar sentimentos por ele. Mas esta relação é interrompida quando Elizabeth recebe uma carta a dizer que Lydia, a sua irmã mais nova, e Wickham haviam fugido e planeavam casar-se. O que na época significava vergonha para a família da rapariga. Darcy visita Elizabeth pouco depois de ela ter recebido a carta e quando a vê a chorar e descobre o motivo diz ter de partir imediatamente. Elizabeth pensa que devido à vergonha da sua família as suas hipóteses com Darcy passavam a ser nenhumas. 
Entretanto devido à intervenção do seu tio, Lydia e Wickham casam-se e visitam Longbourn, onde o pai de Elizabeth se demonstra constantemente desapontado e contra aquilo. Lydia comenta por acidente com Elizabeth a presença de Darcy no seu casamento e assim, depois de várias perguntas de Elizabeth, Lydia admite que o verdadeiro responsável pelo seu casamento fora Darcy e que ele tinha pago tudo, salvando assim a honra da família Bennet. Assim Elizabeth volta a ter algumas esperanças. 
Inesperadamente Bingley e Darcy voltam para Netherfield e visitam a família Bennet, sendo que quando Jane e Bingley se voltam a dar, este pede-a em casamento. Entretanto vão surgindo rumores de que Darcy pediu Elizabeth em casamento e Collins manda uma carta ao pai dela a dar-lhe os parabéns, o pai dela acha que é brincadeira e ri-se da situação.
Mais tarde Lady Catherine vai até Longbourn e confronta Elizabeth, chegando até a ameaça-la para não aceitar. Elizabeth diz que ela não manda nela e que se ela não acreditasse naquilo como dizia, não se daria ao trabalho de uma viagem tão longa só para lhe dizer aquilo. 
Quando Darcy descobre desta conversa entre Elizabeth e Lady Catherine fica com esperanças de que os sentimentos de Elizabeth tenham mudado e pede-a de novo em casamento, sendo que desta vez ela aceita.
Eles decidem deixar o noivado em segredo por uns tempos mas Elizabeth percebe que Bingley já sabe. Darcy vai então falar com o pai dela e este mostra-se surpreso por Elizabeth gostar de Darcy mas diz que se acha que ela vai ser feliz, aceita. A mãe de Elizabeth mostra-se feliz porque Elizabeth vai ter um marido ainda mais rico do que Jane. 
No final Elizabeth e Darcy casam-se e ficam a viver em Pemberley, Jane e Bingley casam-se e ficam a viver em Netherfield, sendo que continuam muito unidas.  
Elizabeth e Georgiana tornam-se grandes amigas e Darcy e Lady Catherine cortam relações por uns tempos mas reatam-nas devido à insistência de Elizabeth. 

4 comentários: